29 out

Sabe aqueles livros clássicos que você tem que ler porque cai no vestibular? Chato, né? Nem sempre! Nós separamos alguns títulos que, além de serem questões de prova, ainda têm tudo a ver com a situação que vivemos hoje.

Quem sabe depois dessa lista você dá uma chance para alguns escritores consagrados e ainda se sai bem nos vestibulares? Confira:

  • Capitães da Areia, de Jorge Amado

Publicado pouco depois de começar o Estado Novo, o livro teve a primeira edição apreendida e exemplares queimados em praça pública.

O enredo conquista logo nos primeiros capítulos e entretém, fazendo com que o leitor se dê conta de seu aspecto político e social só ao fim da leitura.

 

  • Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna

 

O texto (de teatro) já foi encenado inúmeras vezes e já virou até filme. A história de João Grilo e Chicó conta de forma engraçada a vida no Nordeste brasileiro, incluindo tradições religiosas e crendices populares. O livro dá margem para diversas interpretações e reflexões acerca dos personagens e do Brasil da época (anos 1950) e atual.

 

  • Iracema, José de Alencar

 

Um romance que se desenvolve entre Iracema, a índia virgem dos lábios de mel, e Martim, o primeiro colonizador português do Ceará. Na obra podemos notar traços da realidade da sociedade brasileira daquela época, e oposições como o branco e o índio, as cidades e o sertão.

 

  • Vidas Secas, Graciliano Ramos

 

O autor retrata sua própria infância e aborda temas como desonestidade, a frieza humana, a seca, as condições sub-humanas de sobrevivência, a dimensão social da exploração e da opressão política.

Viu? Os clássicos também são gostosos de se ler e nos ensinam muito – afinal, não viraram clássicos à toa, né? Sem falar que seguem atuais e nos apresentam cenários que, mesmo hoje em dia, ainda fazem muito sentido. Boa leitura!

Se prepare para o ENEM e para os vestibulares com quem entende do assunto, o COC SJC! Ensino Médio 2019 com matrículas abertas:

Avenida Doutor Nelson D’Avilla, 1202 – São José dos Campos (12) 2134-9300

Deixe um comentário